Vara de Feitos de Rel de Cons. Cível e Comerciais de Correntina

LEILÃO ENCERRADO
Online

Data: 13/06/2019 às 14:00


Local: Endereço Eletrônico www.nordesteleiloes.com.br

Observações sobre o Leilão:


ÔNUS, RECURSOS E PROCESSOS PENDENTES (ART. 886, VI, CPC):

Consta da matrícula do imóvel que este foi dado em garantia hipotecária de 1o grau ao Sr. CACCIO FERNANDO PETRICOSKI. Caberá a parte interessada, ainda, a verificação de outros débitos incidentes sobre o imóvel, que não constem dos autos (art. 18 da Resolução 236/CNJ). Eventuais débitos tributários anteriores subrogam-se sobre o preço da arrematação (Art. 130 § único do Código Tributário Nacional - CTN).


PAGAMENTO E RECIBO DE ARREMATAÇÃO:

A arrematação far-se-á mediante pagamento à vista do preço e comissão pelo arrematante, no prazo de 24h (vinte e quatro horas) da realização da praça (art. 884, inciso IV, do CPC), através de guia de depósito judicial em favor do Juízo da Vara, da Comarca de Correntina-BA. O valor da comissão do leiloeiro poderá ser pago na forma indicada pelo Leiloeiro.


PARCELAMENTO:

Nos termos do artigo 895, do CPC, o interessado em adquirir o bem em prestações poderá apresentar, até o início do leilão, proposta de aquisição do bem que conterá, em qualquer hipótese,

oferta de pagamento de pelo menos 25% (vinte e cinco por cento) do valor do lance à vista e o restante parcelado em até 30 (trinta) meses, observado o valor mínimo de R$ 500,00 (quinhentos reais) por parcela, garantido por hipoteca do próprio bem, com a especificação do prazo, da modalidade, do indexador de correção monetária e as condições de pagamento do saldo, sendo que a proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado.


COMISSÃO DO LEILOEIRO:

A comissão devida ao leiloeiro será de 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação, não se incluindo no valor do lanço (art. 24 do Decreto 21.981/32 e art. 7 da Resolução 236/CNJ), a ser paga pelo arrematante. Em caso de adjudicação após a publicação do edital de hasta pública, a comissão devida será de 2% (dois por cento) sobre o valor da avaliação e será paga pelo adjudicante. Em caso de remição e acordo após a publicação do edital de hasta pública, a comissão devida será de 2% (dois por cento) sobre o valor da avaliação ou dívida (o que for menor) e será paga pelo executado ou por quem requerer a remição. 


O pregão terá como leiloeiro responsável o Sr(a) Arthur Ferreira Nunes.